Biblioteca Florestal
Digital

Avaliação da sazonalidade da deposição de serapilheira em RPPN no semiárido da Paraíba – PB

Show simple item record

dc.contributor.advisor Souto, Jacob Silva
dc.contributor.author Souza, Bruna Vieira
dc.date.accessioned 2014-05-08T11:13:45Z
dc.date.available 2014-05-08T11:13:45Z
dc.date.issued 2009-11-25
dc.identifier.citation SOUZA, B. V. Avaliação da sazonalidade da deposição de serapilheira em RPPN no semiárido da Paraíba – PB. 2009. 29 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universidade Federal de Campina Grande, Patos. 2009. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/8324
dc.description Trabalho de Conclusão de Curso defendido no Centro de Saúde e Tecnologia Rural da Universidade Federal de Campina Grande pt_BR
dc.description.abstract O estudo foi desenvolvido na RPPN/Fazenda Tamanduá/Santa Teresinha (PB) e objetivou avaliar o potencial da deposição de serapilheira em área de Caatinga. Foram demarcados sete transectos eqüidistantes onde foram distribuídas aleatoriamente 20 caixas coletoras de 1m2. O período experimental foi de 36 meses, divididos nos períodos: P1 (agosto/2006-julho/2007), P2 (agosto/2007- julho/2008) e P3 (agosto/2008-julho/2009). A deposição mensal foi separada em: folhas, galhos, estruturas reprodutivas e miscelânea, com posterior determinação do peso seco. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com tratamentos em arranjo fatorial 12 x 3. Os dados foram submetidos à análise de variância e à comparação de médias pelo teste Tukey. A produção total nos 3 períodos foi estimada em 6800,67kg ha-1, representados por folhas 77,79%, galhos 11,22% e as frações estrutura reprodutiva e miscelânea representaram 8,21% e 2,81% respectivamente. A deposição total em P1 foi 2.988,54kg ha-1, P2 foi 1.433,19kg ha-1 e P3 com 2.369,94kg ha-1. A análise da correlação foi significativa no P1 entre a fração estrutura reprodutiva x miscelânea com valor de correlação (r=0,9040), em P2 apresentou correlação entre as variáveis galho x estrutura reprodutiva (r= 0,8034), galho x miscelânea (r=0,9051), galho x pluviosidade (r=0,7299), estrutura reprodutiva x miscelânea (r=0,9591), estrutura reprodutiva x pluviosidade (r=0,7525) e miscelânea x pluviosidade (r=0,7305) e, P3 galho x estrutura reprodutiva (r=0,6224) e estrutura reprodutiva x pluviosidade (r=0,6861). A precipitação influenciou a sazonalidade de deposição da serapilheira; a fração folha apresenta-se com predominância na serapilheira sendo mais intensa no final do período chuvoso; a deposição total de serapilheira apresentou a magnitude: folha>galho>estrutura reprodutiva>miscelânea. pt_BR
dc.description.abstract The study was conducted in RPPN/Tamanduá Farm/Santa Teresinha(PB) and aimed to evaluate the potential of depositing litter in Caatinga. Were marked seven equidistant transects were randomly collecting 20 boxes of 1m 2. The experimental period was 36 months, divided into periods: P1 (August/2006- July/2007), P2 (August/2007-July/2008) and P3 (August/2008-July/2009). The monthly deposition was separated into leaves, branches, reproductive structures and miscellaneous, with subsequent determination of dry weight. The experimental design was randomized blocks with treatments in a factorial arrangement 3 x 12. The data were submitted to analysis of variance and comparison of means by Tukey test. Total production in the 3 periods was estimated at 6800.67kg ha-1, represented 77.79% of leaves, branches 11.22% and the fractions reproductive structures and miscellaneous accounted for 8.21% and 2.81% respectively. The total deposition in P1 was 2988.54 kg ha-1, P2 was 1433.19 kg ha-1 and P3 with 2369.94 kg ha-1. Correlation analysis was significant between the P1 fraction reproductive structures with hodgepodge x value of correlation r= 0.9040 in P2 showed a correlation between variables branch x reproductive structure r= 0.8034, miscellaneous x branch r= 0.9051, branch x rainfall r= 0.7299, reproductive structure x miscellany r= 0.9591, reproductive structure x rainfall r= 0.7525 and Miscellaneous x rainfall r= 0,7305 and P3 branch x reproductive structure r= 0.6224 and reproductive structure x rainfall r= 0.6861. Precipitation influenced the seasonality of litter deposition, the leaf fraction is presented predominantly in the litter was more pronounced at the end of the rainy season, the total deposition of litter produced a magnitude-leaf> branch> reproductive structure> Miscellaneous. pt_BR
dc.format 29 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Campina Grande pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.title Avaliação da sazonalidade da deposição de serapilheira em RPPN no semiárido da Paraíba – PB pt_BR
dc.title Assessment of the seasonality of litterfall in RPPN in semi arid da Paraiba - PB pt_BR
dc.type TCC pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
2009_Avaliação- ... pilheira-em-RPPN-na-PB.pdf 502.7Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account