Biblioteca Florestal
Digital

Levantamento da capacidade de uso da terra na fazenda Afluente do Quipauá, em Ouro Branco (RN)

Show simple item record

dc.contributor.advisor Souto, Jacob Silva
dc.contributor.author Costa, Amanda Silva da
dc.date.accessioned 2014-05-09T11:56:00Z
dc.date.available 2014-05-09T11:56:00Z
dc.date.issued 2009-11-25
dc.identifier.citation COSTA, A. S. Levantamento da capacidade de uso da terra na fazenda Afluente do Quipauá, em Ouro Branco (RN). 2009. 32 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universidade Federal de Campina Grande, Patos. 2009. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/8399
dc.description Trabalho de Conclusão de Curso defendido no Centro de Saúde e Tecnologia Rural da Universidade Federal de Campina Grande pt_BR
dc.description.abstract A crescente utilização das terras, sem considerar suas potencialidades e limitações, acarreta à degradação ao solo. Este trabalho teve como objetivo analisar os teores de matéria orgânica, os atributos físicos e químicos do solo e a capacidade de uso da terra em área de caatinga no semi árido potiguar. “A área localiza-se na microrregião Seridó Oriental do Rio Grande do Norte, sob as coordenadas geográficas 06o 42’ 76” S e 36o 57’ 20”, ocupando uma área de 53,65 ha. Para avaliação das terras adotou-se o sistema de capacidade de uso do solo. Utilizou-se 10 áreas distintas para a caracterização do uso da terra, para notação das características encontradas em cada área, usou-se uma série de símbolos, descritos e ordenados de forma convencional, formando uma fórmula mínima obrigatória. A discussão dos dados foi feita por área escolhida da fazenda Afluente do Quipauá. Dentre os resultados obtidos, o uso e manejo do solo alteram a quantidade da matéria orgânica do solo, e a vegetação é a medida mais eficiente no controle à erosão. pt_BR
dc.description.abstract The increasing use of land not taking into account its limitations, leads to soil degradation. This study aimed to analyze the content of organic matter, the physical and chemical properties and the ability to use land in an area of semi-arid savanna in Natal. "The area is located in the micro-eastern region of Rio Grande do Norte, in the geographic coordinates 06 o 42 '76" S and 36 o 57' 20 ", occupying an area of 53.65 ha. To evaluate the land we used the system capacity of land use. We used 10 different areas for the characterization of land use, notation of the features found in each area, he used a series of symbols, described and arranged in a conventional formula forming a mandatory minimum. The discussion of the data was made by the chosen area of the farm Tributary Quipauá. Among the results, the use and soil management affect the amount of organic matter in soil, and vegetation is the most effective in controlling erosion. pt_BR
dc.format 32 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Campina Grande pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.title Levantamento da capacidade de uso da terra na fazenda Afluente do Quipauá, em Ouro Branco (RN) pt_BR
dc.title List of capacity of soil use on the farm Afluente Quipaúa, White Gold (RN) pt_BR
dc.type TCC pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
2009_Levantamen ... Afluente-do-Quipauá-RN.pdf 659.2Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account