Biblioteca Florestal
Digital

Ensino de Engenharia Florestal no Brasil e na Espanha

Show simple item record

dc.contributor.advisor Ribeiro, Guido Assunção
dc.contributor.author Arrivabeni, Breno Santos
dc.date.accessioned 2015-03-27T19:27:34Z
dc.date.available 2015-03-27T19:27:34Z
dc.date.issued 2014-11
dc.identifier.citation ARRIVABENI, B. S. Ensino de Engenharia Florestal no Brasil e na Espanha. 2014. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2014. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13306
dc.description Trabalho de Conclusão de Curso defendido na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract O trabalho teve como objetivo comparar a disponibilidade do setor acadêmico para a formação do Engenheiro Florestal na graduação, tanto no Brasil quanto na Espanha. Buscou-se o levantamento dos cursos de Engenharia Florestal existentes no território brasileiro e espanhol, assim como número de vagas ofertadas, dados secundários relevantes e a distribuição geográfica dos cursos em ambos os países. Os dados referentes aos cursos foram coletados em sua maioria nos portais eletrônicos oficiais dos governos do Brasil e da Espanha. Assim, quanto ao Brasil, consultou-se a página virtual oficial do Ministério da Educação (e-MEC) e quando à Espanha, o portal do Ministério de Educa- ção, Cultura e Esportes do Governo espanhol, além de posterior pesquisa detalhada nos sites específicos das instituições. O levantamento mostra que atualmente o Brasil se porta de 71 cursos de Engenharia Florestal enquanto a Espanha faz domínio de 17. O número de vagas, de instituições e de cursos florestais no Brasil se mostrou 4 vezes maior que o ofertado na Espanha; a maioria dos Estados brasileiros apresentou curso florestal em atividade, exceto Ceará (CE) e Maranhão (MA), e quanto à Espanha, este estava presente nas maiores Comunidades Autônomas do país ocupando a maior parte no território nacional, porém não necessariamente em todas. Constatou-se que na Espanha o curso é mais curto e com maiores flexibilizações e que o Brasil mesmo com números quantitativos superiores aos espanhóis, se mostrou defasado quanto ao número desejável de cursos de Engenharia Florestal para o ano de 2014. pt_BR
dc.format 45 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente pt_BR
dc.title Ensino de Engenharia Florestal no Brasil e na Espanha pt_BR
dc.type TCC pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Monografia_Breno Santos Arrivabeni.pdf 1.114Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account